sexta-feira, janeiro 06, 2017

Caminho Para a Eternidade - Parte XXII

Cerca de meia hora depois, a festa estava em seu auge, a música clássica parara e agora músicas modernas tomavam o ambiente, Nightwish, se os ouvidos de Melissa não a enganara, “While your lips are still red”, bela música, de fato, embora ela admitisse que raramente escutasse músicas modernas do mundo humano. Melissa caminhou pelo salão, não demorou para todos os olhares vampirescos e tintos estarem fixados em si, claro, ela sabia o quanto tinha sido assunto daqueles burocratas desde o inicio daquele casamento, mas eram tantos olhos, Melissa sentiu-se como uma criança por um momento, de fato, ela ainda era perante tantos seres com tantos anos de vida, com tantos segredos e sabedoria escondidos por trás de cada mascara negra que lhe cobriam a face, Melissa era uma criança rainha com muito que aprender sobre governar.
Procurou por seu demônio, seu porto seguro, não demorou em acha-lo no meio de tantos olhares, mas diferentes daqueles que a encaravam, este, e somente este, sorria com amor e orgulho. Andou aliviada em direção a ele, precisava pegar em sua mão, precisava da proteção de Victor, mas quando notou, seu rei havia sumido em meio a multidão que agora se desinteressava por ela e se dispersava no meio do baile, virou a cabeça ao redor de tantos rostos sem face a procura de Victor, ouviu cumprimentos de diversos convidados a seu redor, cumprimentos que respondeu rapidamente com um sorriso e um gesto delicado com as mãos, andou mais rápido, queria chama-lo, mas sabia que isso chamaria mais a atenção ainda, Victor estava jogando com ela,  e ela entraria nesse jogo.
“Bless the Child” começava, e Melissa ainda estava naquele redemoinho de emoções, insegura e perdida. Esbarrou em tantas pessoas que não conseguia mais contar, estava começando a se sentir tonta com aquelas cores, aqueles vestidos coloridos, aquele dourado do salão, as mascaras, os olhares, sentiu que iria desmaiar, quando um rosto surgiu a sua frente, a fazendo recuar. Uma mascara sem expressão, aquele homem completamente de negro definitivamente não parecia humano, o que se dava para tornar-se de seu verdadeiro rosto por detrás da mascara era a palidez sólida e seus traços que tornava seu rosto fino uma obra digna de Michelangelo, Principalmente de sua obra David. Antes que conseguisse pensar se aquele ser ali era realmente real ou apenas enfeite do salão, o homem pegou em sua mão, chamando-a para o centro do salão. Melissa aceitou, seduzida por aquele olhar, por aquela face dura e em meio a todo aquele ar hipnotizador, dançou com o homem.
Enquanto o mesmo a conduzia sem tirar o olhar do seu, Melissa buscava alguma familiaridade, algo que emanava nele que resolvesse o mistério por trás daquela mascara simples negra, mas não, além de seu olhar profundo, nada nele trazia lembranças a Melissa.
A música parou, e antes que pudesse abrir a boca, o homem a largou ali e sumiu no meio da multidão, mais perdida do que quando entrara naquele salão, Melissa correu em direção ao local de onde o homem havia desaparecido, havia algo naquele olhar...

O Som da melodia agora soava baixo, deveras, Melissa estava andando pelo parapeito do salão há dois andares acima fazia vários minutos, ok, aquilo foi uma ótima forma de escapar de todo aquele ambiente que estava lhe causando náuseas, e aquele homem, precisava encontrar aquele homem mascarado, desde que seja apenas para saber o nome do mesmo, “Talvez algum parente”, Melissa tentava racionalizar, só isso explicaria o olhar familiar, seja quem for, ela precisava encontra-lo.
Tirou as luvas negras de cetim e colocou as mãos na sacada, observando os aspirais vivos que os convidados faziam andares a baixo a cada passo de dança. Procurou seu demônio, em vão, Victor estava lá, com certeza, mas aonde? Não o vira, mas também, havia parado de procura-lo.
- Escapou de sua torre, Rainha.
Melissa virou-se, fixando o olhar na figura altiva de um homem encostado no canto da porta de entrada a um dos quartos, era alto, talvez um pouco menor que Victor, mas seu porte físico era exatamente o mesmo do rei, o que surpreendeu Melissa de certa forma. Sua cabeça estava virada, o homem observava o baile, assim como Melissa fizera a pouco, os braços grandes estavam cruzados sobre o peitoral, havia, ainda, uma capa que se espremia entre o vão da porta.
- Quem é você? – Melissa questionou, virando o corpo em direção ao dele, ainda com uma das mãos sobre a sacada.
- Sou uma alegoria desse baile.
- E qual seria?
O homem sorriu.
- Não adivinhou?
Melissa sentiu-se tola por um instante, e tirou o olhar do dele, voltando a observar as pessoas abaixo.
- A morte. – Melissa disse, friamente.
O Homem descruzou os braços, e andou em direção a Melissa calmamente, parando atrás da mesma, mas sem encosta-la.
- A morte da inocência. – o Homem sussurrou em seu ouvido.
Melissa fechou os olhos, e respirou fundo, tentando ignorar o arrepio que sentira em seu corpo.
- Veja minha rainha – O homem foi para frente, apoiando uma das mãos na sacada, ao lado da mão da Melissa e definitivamente encostando todo seu enorme corpo por detrás dela. – Ouve os pensamentos dessas pessoas? Sente o que elas sentem? Eu vós digo, sexo, depravação, perversidade...
- Sinto... – Melissa sussurrou.
- Por isso estava perdida naquele mundo, Rainha. – o homem continuou, calmamente – Você é como uma coelhinha entregue a um bando de feras esfomeadas por bondade e pureza. Irão sugar tudo de vós... Se não mantiver firmeza.
- Sei quem sou. – Melissa disse seriamente, agora se afastando do homem e virando-se em sua direção – e não é nenhum poder, ser ou circunstancia que mudará isso.
O homem sorriu, dando alguns passos para trás.
- Então não brinque com demônios. 


Continua...

Escrito por Roberta Poleto.


Ps. Feliz Ano Novo a todos, hoje eu estive me questionando, definitivamente Caminho para a Eternidade é como um filho para mim, vê-lo crescer, se desenvolver, encantar vocês é um dos maiores presentes que já recebi. Ainda há muito para contar a vocês sobre esse universo, e espero, fazê-lo da forma mais gratificante possível. Obrigada pelo apoio de todos vocês. 
Aliás, estou lançando um canal de Youtube, pra quem gosta de games é uma grande pedida. E quem sabe daqui algum tempo não consigo realizar o meu maior sonho pessoal e publicar caminho para a eternidade? Ficaria muito honrada com o apoio de vocês no canal. Obrigada. 


https://www.youtube.com/c/MissChiefPlays


6 comentários:

  1. Ai, nem acredito que você voltou a postar. Fico ansiosa a cada capítulo, mas eu quero muito que a Melissa fique com o Victor.

    ResponderExcluir
  2. COMO FICO FELIZ EM ENTRAR NO BLOG, E VER POSTAGEM NOVA! OBRIGADO BETA!

    ResponderExcluir
  3. Conto esta muito bom, na medida do possível. O Google tem váriosckntks completos, o único que esta em desenvolvimento e esse, já pensou em postar outro conto? *w*

    ResponderExcluir
  4. Estou apaixonada por essa história,continue postando,estarei acompanhando sempre.

    ResponderExcluir
  5. 😍essa sua história já se tornou amor antigo. O tempo passa e continuo vindo aqui ver se você atualizou. Obrigada. Continue.

    ResponderExcluir
  6. Teremos Capítulos novos ainda esse mês ou no próximo?

    ResponderExcluir